"If I ever allow genuine compassion to be overtaken by personal ambition, I will have sold my soul" - James Nachtwey

16 fevereiro 2006

Haveria necessidade?...

Será que havia necesidade de pôr na capa imagens como estas, relativas às torturas no Iraque?...


6 comentários:

para mim disse...

Claro que havia. Para já, não há imagens da Casa Pia, depois, como não quiseram dar uma chamadita de primeira página à busca policial no diário concorrente, tinham de impressionar de uma outra maneira...

CN disse...

o Frederico tem razão, são essas as infelizes regras do jogo.
além disso, acrescento eu, a imagem de um corpo torturado é de uma eficácia jornalística sem igual.
aquelas fotos substituem qualquer texto.

Joana Capitão disse...

Pois, as infelizes regras do jogo são mesmo vender a qualquer custo... Nem que isso implique utilizar imagens que podem chocar os públicos mais sensíveis. Imagens essas que poderiam aparecer apenas numa página interior do jornal. Mas claro, aí não criariam o mesmo impacto. Nem dariam o mesmo lucro.
São mesmo infelizes estas regras do jogo, realmente.

RitaMachado disse...

Pois, não havia necessidade alguma! Acho que não devemos ser obrigados a ver essas imagens sem querermos. Acho uma estupidez obrigarem aquelas criancinhas que vão de mão dada aos pais e passam por um quiosque, a verem isto. Já conseguiram banalizar a palavra tortura e agora querem fazer o mesmo com as imagens...

marujo disse...

percebo os vossos argumentos e até concordo com eles, mas... 1º, a tortura não será jamais um conceito banal, 2º a ética nunca ajudou a vender jornais, antes pelo contrário...

Aisling disse...

Acho que também temos de ver outro ponto... É que infelizmente há muito português que compra apenas os jornais com as fotos mais chocantes e chamativas, nem se incomodam em ler os títulos! Não consigo compreender nem isto, nem como alguém consegue ler o 'Tal & Qual', por exemplo...