"If I ever allow genuine compassion to be overtaken by personal ambition, I will have sold my soul" - James Nachtwey

24 outubro 2005

O 'W' do Wilma

Nos últimos dias têm-se ouvido nos meios de comunicação social, várias notícias sobre o já famoso furacão "Wilma".
O nome do furacão é pronunciado por todos, como "Vilma", lendo o som 'v' . Confesso que isto me tem vindo a intrigar... Porquê pronunciar "Vilma" e não "Uilma"? Acaso o nome é de origem alemã, ou outro idioma em que essa letra se pronuncie como 'v'?... Ou será um aportuguesamento?... Ou será mais um daqueles fenómenos do chamado jornalismo de "pé de microfone", em que um comete uma asneira pela primeira vez, e os outros todos copiam?...
Pode ser um pequenino pormenor, mas porque não, já agora, pronunciar o nome do furacão correctamente?...

2 comentários:

Spin Doc disse...

tá cool!
os blogs amigos jamais serão vencidos!
faça como nós,venha fazer parte da luta, ou adopte... o blog dos sem blog:

jornaleirosdecoimbra.blogspot.com

tudo sobre tudo!
sobretudo no inverno apanham-se laranjas, rosas e milagres de orangecoimbra

Amendoas disse...

Pah é assim, há pessoas cujo Inglês é a língua-mãe, e os "w" pronunciam com um som muito próximo do v.

Os chineses também quando falam em português dizem que tá tudo muito balato e que não gostam de balatar pala comele.

Mas isso no fundo não é muito relevante, o que passa é a essência, a mensagem.

Mas concordo contigo, em dizer "Uilma" em vez de "Vilma"...
:D