"If I ever allow genuine compassion to be overtaken by personal ambition, I will have sold my soul" - James Nachtwey

18 janeiro 2006

(Vamos lá ver se os)Jornalistas Defendem a Língua Portuguesa...

Ora aqui está uma boa ideia. Se bem que acho que o título da notícia Jornalistas defendem a língua portuguesa, é questionável... deveriam defender, mas infelizmente sabemos que nem sempre isso acontece. Por isso mesmo, acho que são de louvar iniciativas como esta.
Não posso, no entanto, deixar de registar os "entraves" que desde logo Luís Marques põe a isto, dizendo que "o problema não é fácil de resolver, tendo em conta a pressão sobre os jornalistas na produção da informação", e que além disso é "um serviço pago". Não é fácil de resolver? De acordo, mas iniciativas como esta podem dar uma ajudinha, não? E parece-me que a pressão a que os jornalistas estão sujeitos também não pode servir de desculpa para tudo, porque há erros que se devem não a falta de tempo, mas a simples ignorância, e pior que a ignorância é a falta de cuidado em verificar se aquilo que se diz/escreve está correcto, o que não acredito que demore assim tanto tempo... Quanto ao preço a pagar pelo serviço... pois não sei quanto custará, mas será assim uma fortuna tão grande?...

2 comentários:

Nelson Silva disse...

É uma boa ideia, mas a meu ver a questão do pagamento do serviço é relevante: os jornalistas da RTP/RDP têm de pagar para aceder ao serviço? Mesmo não sendo uma fortuna (certamente não será), como se justifica este serviço? A própria empresa não poderia pagá-lo?

Joana Capitão disse...

Bem,o que eu entendi (mas posso não ter entendido bem...) foi que seria a empresa a pagar o serviço, daí achar que para uma empresa provavelmente o serviço não seria assim tão caro.
É claro que se forem os jornalistas a pagar, a questão é relevante, e muito.