"If I ever allow genuine compassion to be overtaken by personal ambition, I will have sold my soul" - James Nachtwey

13 novembro 2006

Ora aqui está uma notícia importante para a nação.
Quem é que, comprando o seu jornalito logo pela manhã, não espera encontrar escarrapachada na capa a crise do negócio da roupa?

Preconceitos à parte, acho que há que reconhecer no Correio da Manhã os méritos, quando eles existem. Reconheço que é este jornal que muitas vezes traz assuntos relativos aos "buracos" das políticas do governo na capa. Reconheço que muitas vezes é bastante informativo, apesar do tom mais "leve" com que aborda os assuntos. Mas, por favor, podiam deixar-se destas capas?... Será que não havia mesmo notícia melhor para ocupar o lugar da manchete? Custa-me a acreditar...

4 comentários:

Aisling disse...

Eu admito que nunca toquei no Correio da Manhã... Só aquelas capas me provocam asco! Aliás, até pode ter conteúdos bons e tal, mas para mim tanta idiotice que se vê na capa: não há pachorra!!
Viva o Público e o DN!!! Lol.
Bjokas

Joao disse...

eu gosto do correio da manhã, tem as crónicas do rui santos sobre a semana desportiva
so um pequeno comentário de alguém que nao percebe nada de jornalismo: nao fales mal do correio da manha que as tantas ainda lhes vais pedir emprego quando acabares o curso :P

Entropic Thing disse...

Ehehehe eu já fui leitora do Correio da Manhã, mas já me deixei disso.Reconheço-lhe alguns méritos, claro, mas também há ali muita parvoeira.

Quanto à manchete... também foi notícia na Sic. Foram entrevistar os senhores das lojas e tudo. Mas claro, não foi propriamente a abrir o telejornal.

Flávio Gonçalves disse...

Já deixei de comprar jornais, vou-me informando pela internet.

E, pode ser só a minha opinião, creio que cada vez os jornais têm menos jornalistas, têm gente que escreve e mais nada!